!DOCTYPE html> insert_pixel_code_here
55 69 3321-3129

Em Lucas do Rio Verde (MT), as chuvas foram benéficas para as lavouras de soja, mas um excesso pode prejudicar o ritmo da colheita.

O Crop View trouxe uma análise geral do estado do Mato Grosso, considerando as cidades de Água Boa, Campo Novo do Parecis, Campo Verde, Campos de Júlio, Canarana, Cláudia, Gaúcha do Norte, Itiquira e Lucas do Rio Verde e detectou que a média de produtividade é de 89% no momento e de 88% no momento da colheita.

Especificamente em Lucas, a média fica em 90% no presente momento e em 87% no momento da colheita. Os plantios de ciclo de 100 dias iniciados em 15 de outubro e 30 de outubro possuem, ambos, uma média de 89% de produtividade no presente momento. Ao final da colheita, essa produtividade deve abaixar para 85% para o primeiro e se manter para o outro.

Já em um ciclo de 110 dias, com o plantio também em 30 de outubro, a média de produtividade no momento é de 92%, podendo chegar a 87% ao final da colheita. Isso se deve porque a previsão de chuvas pode trazer uma tendência de excesso hídrico ao final da safra.

Os internautas que quiserem conhecer a ferramenta CropView podem acessar o site www.cropview.com.br. Ao realizar o cadastro, são 30 dias grátis para experimentar a ferramenta e observar as melhores condições para a sua área de plantio.

Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

Pin It on Pinterest

Shares
Share This