!DOCTYPE html> insert_pixel_code_here

Brasília, 28/03/2018 – O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou há pouco a distribuição dos recursos para as linhas de crédito no âmbito do Funcafé em 2018, com até R$ 1,1 bilhão para custeio, R$ 1,862 bilhão para estocagem, R$ 1,063 bilhão para o Financiamento para Aquisição de Café (FAC), R$ 10 milhões para recuperação de cafezais danificados.

No capital de giro, o limite é de R$ 200 milhões para a indústria de café solúvel, de R$ 300 milhões para a indústria de torrefação de café e de R$ 425,2 milhões para as cooperativas de produção.

O CMN também aprovou um ajuste de normas do Pronamp, vedando a contratação com esses recursos de máquinas e equipamentos que podem ser financiadas com recursos do Moderfrota. (Eduardo Rodrigues e Lorenna Rodrigues)

Pin It on Pinterest

Shares
Share This